Sobre nós...

Minha foto
Somos estudantes do 5°semestre do curso de Pedagogia- 2007.1- do Campus I da UNEB. Aline Lucia, Amanda Penalva,Clécia Solares,Elisane Madureira, Fabiane Silva, Jaqueline Gois e Juliana Rodrigues.

sábado, 20 de junho de 2009

Reflexão da música "Estudo Errado" de Gabriel o Pensador

A música "Estudo Errado" de Gabriel Pensador, é uma crítica satirizada dp sistema de ensino, que tem um enfoque tradicional, ou seja,tem um ensino centralizado no professor, como detentor absoluto do poder e os alunos,como meros receptores do conhecimento.Conhecimento este, que pode ser medido,sem interferências doa alunos, numa relação vertical, onde o professor é o centro.
Mesmo com a difusão do construtivismo e do sócio-interacionismo, as escolas continuam presas a uma pedagogia jurássica, cuja base assenta-se na díade copiar-decorar.Os alunos vão para escola sem motivação, pois lá eles só encontraram metodologias ultrapassadas e conteúdos desligados de sua realidade.Com isso, a metodologia de boa parte das escolas do nesino brasileiro precisa ser revista e modificada para que os alunos realmente aprendar e sejam co-autores do seu conhecimento e assim possam mudar o quadro social e político do país que trata a educação com descaso, reproduzindo o ideal da elite, que só se proecupa em manter seu status quo, através da ganância e exploração.
Pode-se perceber a crítica a uma didática desinteressante, como no verso inicial, o aluno não vê a escola um lugar de produzir conhecimento, mas uma prisão, um ambiente fechado a sua realidade.Mesmo distante do ambiente da escola"na hora do jornal", por exemplo,o aluno não interage o seu conhecimento, o qual deveria ser discutido nas aulas com os acontecimentos da atualidade.
A participação da família é outro fator fundamental para o sucesso do ensino, esta deve atuar de maneira conjunta com a escola;critica aqueles pais que exigem notas, " como resultado do bom estudo", porém estão ausentes na educação dos filhos, no convívio familiar pode-se perceber no verso "meu pai não tem tempo pra nada".
O segredo é o questionamento dos conteúdos, saber o "porquê", como diz a música,analisar para motivar, para não cair nas consequencias do processode um ensino errado o "decoreba", de cópia e a memorização, no final o alunonão entende, no futuro esquece, e também não leva o conhecimento para a prática social.
Em síntese, a música de Gabriel o pensador descreve a realidade de muitas escolas e de muitos estudantes do Brasil, que aprendem de forma mecânica, na base do "decoreba".O que importa para os alunos é o "passar de ano" e para os professores é que os alunos aprendam aquilo que eles ensinam, não se preocupando com o contexto em que o aluno vive;tão pouco se o aluno expressa suas opiniões.
Gabriel através da música faz uma crítica aeducação de má qualidadeque persiste no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário